Da arte de escrever email

26 de setembro de 2011

Email é uma ótima ferramenta, quando bem utilizada, seja no particular ou na vida profissional.

Tendo isso em mente, pense duas vezes antes de repassar aquela mensagem bonitinha cheia de imagens, animações, etc. etc…

Qual o motivo disso? Em primeiro lugar, pense que o recebimento de email gera custos…– Epa! Mas não tem de pagar nada para enviar e receber email!

Isso é o que todos pensam, mas tem custo sim: O tempo que você leva baixando o email, os dados que você está gastando, os pulsos da sua linha telefônica (É, ainda tem gente usando Internet discada…), fora que ao baixar um email com anexos a rede fica congestionada, podendo até causar a perda de emails mais importantes…

– Ok, ok, vou mandar só uma mensagem curta para todo mundo! Avisar para lerem algo interessante no site XYZ!

ATENÇÃO! CUIDADO! Você pode até mandar a mensagem para todos, mas SEMPRE COLOQUE OS DESTINATÁRIOS OCULTOS!

– Mas qual o motivo disso?

Tudo o que trafega na rede está sujeito a ser capturado, ou durante o tráfego, ou em algum servidor de email ou destinatário com vírus (aqui uso vírus em sentido amplo, pode ser trojan, malware, etc. etc) no computador, ou por má-fé de alguem que repasse essa lista.

– Qual a utilidade que esses endereços de email terão para alguém?

Os spammers (pessoas que enviam emails não solicitados) usam esses endereços para aumentar suas listas e vender a outros spammers. Não é só propaganda indesejada que você recebe, mas emails com vírus ou outras pragas, que podem infectar seu micro e roubar seus dados, senhas, etc etc… (Já imaginou alguém se passando por você no orkut ou outra rede social, o estrago que poderá causar?)

A coisa toda funciona assim: Paulo fez uma apresentação muito bacana no Power Point e quer mandar para todos os seus amigos por e-mail. Então ele coloca todos os endereços eletrônicos dos queridos amigos no campo “Para (ou CC)”. Daí, quando os amigos do Paulo abrem a mensagem, recebem também, todos os endereços de todos que receberam a mensagem (aqueles endereços que estavam no campo “Para”).

Este amigo do Paulo que se chama Joaquim, gostou tanto do Power Point que resolveu mandar para todos os contatos dele. Então clica em “Encaminhar” e também coloca os endereços dos amigos no campo “Para”. Os amigos do Joaquim vão receber os endereços dos amigos do Paulo e os endereços dos amigos do Joaquim.

E a roda continua, e cada vez mais endereços de e-mail ficam disponíveis, até que, quando a tal mensagem chega na mão de um spammer, a lista tem 1000 nomes. O spammer não vai nem querer saber de ver o tal Power Point do Paulo, ele vai direto selecionar aquele tantão de endereços, apertar CTRL+C e depois CTRL+V e pronto, mais 1000 endereços grátis em seu cadastro. Mais dez dessa e ele terá 10.000 endereços. Já pode vende-los.

Isso é o que acontece com as famosas listas do tipo: “A Microsoft vai pagar 1 dólar por cada endereço….” ou “Ajudem essa pobre menina que tá com câncer, mande para seus amigos, não custa nada “. Enfim, todo e-mail que chegar pra você pedindo para passar adiante, pode ter certeza: Foi um spammer que começou tudo.

– E como é que eu posso evitar isso?

Simples: ao escrever o email, coloque os destinatários como Cópia Oculta… Nos serviços de email em português a sigla é CCO; nos serviços em inglês é BCC…


Compartilhe seus arquivos entre todos os micros que você utiliza

26 de setembro de 2011

Um problema que as pessoas que usam muitos computadores diferentes enfrentam é o de compartilhar seus documentos entre todos eles.

Como assim, muitos computadores? O seu do serviço, o da escola/faculdade, o computador portátil… O computador de outro setor, da casa de um parente, etc, etc…

Mesmo tendo um pendrive, nem sempre a cópia que está nele é a mais recente, ou ele pode ser perdido, esquecido em algum lugar…

Uma solução prática para esse dilema, é salvar uma cópia do arquivo em um depósito virtual (na internet). Há soluções como o Google docs, onde você pode salvar e abrir documentos de qualquer computador com acesso à Web.

Aqui vou explicar um serviço que utilizo e do qual não tenho queixas, é o dropbox

Como funciona: Para usufruir todas as vantagens do serviço, é preciso instalar em cada máquina um software. Esse programa cria uma pasta chamada “My dropbox” na sua pasta de documentos. Todos os arquivos colocados dentro dessa pasta são automaticamente copiados para sua conta do serviço, e assim que os outros computadores com o programa estiverem conectados, os arquivos são baixados para eles.

Mesmo se estiver utilizando um micro sem o programa, você poderá usufruir as vantagens dele, acessando direto o site; a desvantagem é que terá que “subir” o programa manualmente.

A cada pessoa que vcoê convida e que instala o programa, seu espaço de armazenamento grátis aumenta. Meu link, se alguém quiser aderir, é http://db.tt/YIPtdkK


Saudades da Vila Sésamo…

26 de setembro de 2011

Saudades da Vila Sésamo… Ver essa foto foi o fim da inocência…